Sábado, 26 de Setembro de 2009

Reflectindo

Um dos problemas da nossa democracia é, sem a mínima dúvida, a abstenção. Compete não só aos políticos, mas a cada um de nós motivar os outros no sentido de usufruírem deste direito que tanto custou a muita gente conquistar.

Contudo, e lamentavelmente, existem alguns entraves para certos cidadãos que por força maior não se conseguem deslocar às suas mesas de voto. Destaco os estudantes Açorianos que por frequentarem o ensino superior no continente ou numa ilha que não a sua não podem votar. E quando digo que não podem votar digo-o pois pagar uma passagem de avião para se deslocar à sua mesa de voto reflecte um esforço financeiro acentuado para a maioria da população, e porque o voto por correspondência, que não é válido para todos os actos eleitorais, é um processo extremamente burocrático que em vez de facilitar dificulta o exercício pleno da democracia.

Assim e numa altura em que existe já um cartão único do qual consta a nossa assinatura digital e o nosso número de eleitor, entre outras informações, é urgente a alteração da lei eleitoral permitindo que se introduzam novas ferramentas de voto: em primeiro lugar a substituição do tradicional boletim de voto pelo voto electrónico nas mesas de voto físicas, e em segundo a criação de mesas de voto virtuais paralelas às físicas nas quais qualquer cidadão, possuindo um dispositivo de leitura do cartão de cidadão em sua casa, pudesse exercer o seu direito de voto. Isto é o futuro, e não venham com problemas em relação à confidencialidade do voto uma vez que já hoje qualquer um de nós não tem qualquer problema em fazer as suas operações bancárias através da internet, não sendo a operação de voto electrónico à distância de maior dificuldade para os programadores informáticos.

Neste dia de reflexão, que pouco sentido faz nos dias de hoje, aproveitei e reflecti também sobre esta questão entre outras.

 

P.S. - Não me parece que organizar passeios para idosos no dia das eleições seja uma atitude correcta de uma junta de freguesia enquanto entidade que tudo deveria fazer para aumentar a participação eleitoral. Ahhhh a não ser que se obrigue os velhinhos a "botar" a cruz no quadradinho certo antes de entrarem no autocarro...  

 

tags:

publicado por Hélder Almeida às 17:24
link do post | Opinar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Não há nada que pague com...

. Vasco Cordeiro, o Futuro ...

. 25 de Abril sempre!

. Força

. Escandaloso

. Vitória da Educação

. Toxicodependência

. Comprimidos de responsabi...

. Pacto na Educação

. Digestão de resultados.

.arquivos

. Outubro 2011

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.tags

. abril

. ambiente

. crise

. desporto

. educação

. europa

. futebol

. justiça

. música

. natal

. poesia

. política

. ponta delgada

. religião

. sociedade

. transportes

. todas as tags

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds