Quarta-feira, 5 de Março de 2008

Berta e a Segurança

Após uma audiência com o novo comandante da GNR Berta Cabral volta a insinuar que a culpa da falta de segurança em São Miguel, e mais precisamente no concelho de Ponta Delgada é culpa do reduzido policiamento que aí se verifica.

Segundo a mesma a missão da GNR deveria ser repensada e passar a ser de segurança ao invés do carácter fiscal que actualmente constitui o papel da guarda nas nossas ilhas.

Preferia que os responsáveis políticos dos Açores encarassem a questão da segurança, ou da falta desta, de uma maneira mais consciente e séria. No caso concreto de Berta Cabral não seria pertinente perguntar se a crescente desertificação do centro histórico da cidade de Ponta Delgada não constitui um factor determinante para o aumento da criminalidade? Qual a razão da Câmara Municipal estar a enterrar, literalmente, milhões de euros em parques e mais parques de estacionamento subterrâneos e não ter uma política efectiva de recuperação, revitalização e repovoamento do centro da cidade? Berta Cabral não “descobre a pólvora” quando afirma que a criminalidade poderia ser reduzida com mais polícias nas ruas. Contudo esta proposta revela alguma irresponsabilidade na forma de fazer política, pois apenas está a puxar a manta para cobrir a cabeça deixando os pés descobertos. A sincera preocupação da presidente da Câmara Municipal só poderia ser evidenciada com actos, nomeadamente a já referida dinamização da cidade e um maior rigor na construção desenfreada que se verifica, já que nestes pólos a criminalidade também é preocupante.

Já é tempo de Berta Cabral deixar a política espectáculo!


publicado por Hélder Almeida às 17:04
link do post | Opinar | favorito
1 comentário:
De In@rq a 12 de Março de 2008 às 12:02
Não poderia deixar de estar mais de acordo com o que li.
A minha querida "Tia Berta" anda mesmo é preocupada com o estacionamento para as Festas do Senhor que se aproximam e com elas obter mais uns "lucrozinhos" à custa aqui do povinho, todos a meterem umas moedinha para ir ver o Senhor. Ainda estou aqui a pensar qual será a empresa que irá explorar esse novo parque de estacionamento. Eu cá até preferia a DataRede , é uma empresa regional (embora da região vizinha).

É ver as obras a avançarem à velocidade da luz, agora resta saber se aquilo está realmente seguro.

E por falar em segurança, a questão da desertificação do centro histórico é que deveria estar a sobre a mesa. A falta policiamento na nossa cidade não é novidade. Porém, é necessário referir que os centros históricos quando povoados são mais seguros (bem, isto então é básico). Ora, experimentem lá deixar ao abandono seja lá o que for.

Ai Berta, Berta , querida Berta.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Não há nada que pague com...

. Vasco Cordeiro, o Futuro ...

. 25 de Abril sempre!

. Força

. Escandaloso

. Vitória da Educação

. Toxicodependência

. Comprimidos de responsabi...

. Pacto na Educação

. Digestão de resultados.

.arquivos

. Outubro 2011

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.tags

. abril

. ambiente

. crise

. desporto

. educação

. europa

. futebol

. justiça

. música

. natal

. poesia

. política

. ponta delgada

. religião

. sociedade

. transportes

. todas as tags

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds