Sexta-feira, 14 de Março de 2008

5 anos após a Cimeira da Guerra

Cinco anos após a designada “Cimeira da Guerra” é importante analisar o que mudou nos países que nela participaram e o que aconteceu aos governantes de então.

Comecemos pela Espanha. O atentado de Março de 2004 directamente relacionado com a sua intervenção no Iraque e a queda do PP espanhol do poder após a vitória de Zapatero e do PSOE. E ao presidente do governo espanhol de então? Que é feito de Aznar? Nenhuma consequência de maior, Aznar continua a comandar e orientar a política do PP só que agora atrás de alguns dirigentes que só lá estão para inglês ver, neste caso espanhol ver.

Inglaterra colheu da cimeira o atentado de Julho de 2005, centenas de baixas na frente de batalha no Iraque e um primeiro-ministro que se demitiu apenas para se tornar uma pessoa livre e disponível para outros cargos de maior relevância. Já me esquecia: Blair entretanto deixou de ser protestante e passou a ser católico.

Os Estados Unidos, principais mentores da guerra, receberam de presente milhares de soldados mortos no Iraque, milhões e milhões de dólares que ao invés de serem investidos no seu país foram enterrados no Iraque, e um presidente que para satisfazer as necessidades das muitas empresas americanas produtoras de material de guerra, que lhe financiaram as duas campanhas eleitorais, acendeu o rastilho de pólvora numa região do mundo já de si muito agitada.

Falta só Portugal. Portugal ganhou um presidente da Comissão Europeia. A bem dizer foi este o rebuçado que Durão Barroso recebeu pela cara assustada que fez após a cimeira, mostrando toda a sua crença nas “imensas armas de destruição maciça Iraquianas que poderiam atingir a Europa com grande facilidade”. E o mais importante fez com que Durão Barroso concretizasse o seu maior sonho: deixar cair o Durão e passar a ser conhecido como José Manuel Barroso.

Todo este tom mais ligeiro por mim utilizado só é possível porque se passaram 5 anos e é usado na crítica destes 4 senhores anteriormente mencionados.

É inaceitável que estes 4 senhores ainda vagueiem pela vida política do mundo. Estes 4 senhores naquela triste tarde assinaram a sentença de morte de milhares de iraquianos, destruíram milhares de famílias e sonhos iraquianos, acabaram com a infância de muitas crianças, obrigaram a que milhares de soldados passassem por situações que se repercutirão ao longo de todas as suas vidas (veja-se o exemplo da guerra colonial).

É isto que diferencia quem está na política por missão (cada vez em menor número) de quem lá está por puro carreirismo e proveito próprio. É a classe que diferencia um Mário Soares, um Manuel Alegre, um Freitas do Amaral de um José Manuel Barroso, de um Bush ou de um Aznar.

Assim só quando os políticos e todas as pessoas entenderem o sentido da palavra RESPONSABILIDADE é que teremos algumas hipóteses de que o mundo se torne num melhor lugar para se habitar.


publicado por Hélder Almeida às 16:44
link do post | Opinar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Não há nada que pague com...

. Vasco Cordeiro, o Futuro ...

. 25 de Abril sempre!

. Força

. Escandaloso

. Vitória da Educação

. Toxicodependência

. Comprimidos de responsabi...

. Pacto na Educação

. Digestão de resultados.

.arquivos

. Outubro 2011

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.tags

. abril

. ambiente

. crise

. desporto

. educação

. europa

. futebol

. justiça

. música

. natal

. poesia

. política

. ponta delgada

. religião

. sociedade

. transportes

. todas as tags

.links

SAPO Blogs

.subscrever feeds